Publicações de contos, crônicas
e poemas em coletâneas literárias


Perguntas Frequentes



Depois de ler o regulamento da antologia que mais lhe interessa, você poderá enviar seu texto pelo e-mail que está ao final da última condição.
Não. A linha editorial da Andross visa à publicação de contos, crônicas e poemas de diferentes autores em coletâneas literárias. Mas brevemente firmaremos uma parceria com outro selo editorail para esse fim. Caso você se interesse em receber informações, envie um email para

edson@andross.com.br

Esse trabalho em antologia visa a dar oportunidade a novos escritores de terem seus textos publicados em livros impressos, uma vez que é difícil uma editora investir em autores iniciantes por conta do retorno das vendas, que acabam não vindo exatamente porque os autores são desconhecidos. Assim, fica difícil pagar altos direitos autorais. Então, a Andross se compromete a entregar um exemplar do livro como direitos autorais. Uma outra forma de o autor poder ganhar com a publicação é vender a antologia por alguns reais a mais do que a editora pede. Assim, ele pode ficar com a diferença.
As coletâneas são lançadas em um evento literário de grande repercussão, cuja programação inclui palestras, debates, feira de livros, além de ser uma oportunidade para networking com outros escritores. Ele acontecerá na cidade de São Paulo e o nome é

Livros em Pauta

.
Já publicamos coletâneas com 15 autores, e também publicamos com 96. Esse número é variável. Depende de vários fatores, entre eles adesão e qualidade dos textos.
O livro terá 15cm de largura e 21cm de altura. A espessura variará de acordo com a quantidade de páginas, que também será variada de acordo com o tamanho e a quantidade de obras colocada em cada publicação. Os últimos livros da Andross tiveram de 180 a 320 páginas.
Não. O envio de obras é gratuito, bem como a publicação, caso ela seja aprovada. O autor não precisará pagar nada. Contudo, a confecção dos livros, diagramação do conteúdo, desenvolvimento de capa, os profissionais de análise e revisão, as taxas de registro de ISBN e ficha catalográfica geram custo. Para que este custo seja pago, a editora desenvolveu um programa onde cada autor se compromete a vender 20 (vinte) exemplares do volume em um período de 30 dias, após a data de lançamento do livro. A conta é simples: 50 (cinquenta) autores vendendo 20 (vinte) exemplares cada um. Serão 1000 (mil) livros vendidos em 30 dias. Compensa para a editora, uma vez que os livros não ficarão nos depósitos das livrarias do país sem previsão de venda, e também compensa para o autor, já que ele terá a certeza de que sua obra, em menos de um mês, será lida por quase mil pessoas.
Nas lojas, o valor será R$ 35,00. Mas, para os autores e seus convidados no dia do lançamento custará R$ 21,90.
Você pode nos enviá-los a qualquer momento. Existem diversos projetos de antologias acontecendo simultaneamente. Escolha os que mais se enquadrem no perfil de seus textos e boa sorte.
Uma boa trama, a linguagem utilizada, o ineditismo da temática, o bom uso do vernáculo...
A Andross Editora fará uma campanha de divulgação do coquetel de lançamento da obra via Internet, em seus diversos parceiros, entre eles, a Câmara Brasileira do Livro, além do envio de releases para jornalistas. Também fará a apresentação dele em eventos do livro, como fez na Bienal do Livro de São Paulo, que ocorreu entre 14 e 24 de agosto de 2008. Além disso, no lançamento, haverá controle de vendas dos exemplares, isto é, a editora saberá para o convidado de qual autor foi vendido cada livro. Assim, se, ao final do evento, a cota de tal autor já tiver sido vendida, ele não precisará se preocupar mais com a vendagem dos livros.
Não. O autor é e sempre será o legítimo titular dos direitos autorais sobre a obra, assegurados em contrato.
Depende. Só se não houver nenhum tipo de inadequações gramaticais, ortográficas e/ou estilísticas. Caso contrário, passará por revisão. Contudo, o texto não será publicado sem o consentimento do autor, uma vez que o boneco do livro precisará ser aprovado por ele.
O suficiente para atender à demanda das cotas dos autores e cerca de 10% a mais. Por exemplo: se a soma das cotas dos autores resultar em 1000 livros, imprimiremos 1100.
Não. Infelizmente alguns textos não têm qualidade literária, apesar de os autores fazê-los com carinho e cuidado. A editora precisa ser seletiva para que a publicação não seja vista como um livro sem qualidade. Queremos realmente que os autores que nela publicam sejam vistos pela comunidade literária, razão pela qual a obra será analisada e, se estiver adequada literariamente, o autor será contatado para possíveis ajustes.
Não. Ao assinar o contrato, o autor declara que, sobre a obra, não recaem ônus de qualquer espécie e, bem assim, como que não existem contratos editoriais vigentes à época que impeçam o pacto da edição, responsabilizando-se face à editora e/ou a terceiros por reivindicações futuras e eventuais perdas e danos a que der causa. Não é o caso de obras publicadas em sites ou no Facebook. Essas podem ser enviadas.
Sim. Será celebrado um contrato de edição.
Os autores serão informados da resposta e as obras serão desconsideradas e deletadas.
Os livros são mandados pelo correio com as custas pagas pelo autor.
O autor arcará com a venda de 20 exemplares* por obra publicada. Assim, se quiser publicar duas ou três obras, ele precisará vender 40 ou 60 livros respectivamente. Contudo, pedimos que pensem muito se desejam realmente a responsabilidade de vender tantos exemplares. 20 não é difícil, mas, de 40 em diante, as coisas começam a se complicar. Pensem com a razão de um comerciante e não com o coração de um autor que nunca publicou. Resumindo: o autor não é obrigado a publicar mais de uma obra se não quiser. *Dependendo do gênero, 10 exemplares
Sim. Contudo, um contrato especial deverá ser celebrado, com a assinatura do menor e do responsável.
A partir do 31º dia, haverá uma multa de 2% e juros diários. A partir do 41º dia, o título vai a protesto direto.
Não, não há necessidade de registro. Na verdade, o livro impresso é mais valioso juridicamente que o próprio registro na Fundação Biblioteca Nacional.
ANDROSS EDITORA

(11) 2579-5250
Caixa postal 80846
CEP 03613-970
São Paulo - SP
contato@andross.com.br

Conheça o PRÊMIO STRIX, criado pela Andross Editora. Você pode concorrer a ele!

REDES SOCIAIS

Para ficar por dentro de todas as nossas novidades, basta nos seguir nas redes sociais.